Frasco de Memórias

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


23 comentários

Casa grande

O último dia, na “nossa casinha”, foi assim:

mudanças 1

Os gatinhos andaram sempre connosco, as caixas e as malas prepararam-se para a grande viagem e eu percebi que é impossível transportar um lar.

Assim, optei por levar apenas o essencial.

mudanças 2

O lar é feito do que vai dentro de nós.

mudanças 3

No segundo dia, na casa “tão grande” de Estremoz.

janela

Enchemos tudo de cor e decidimos ter sempre as malas por perto.

Interiorizámos o espírito de eternos viajantes.

quarto

Pendurámos os corações que os amigos nos ofereceram como presente de viagem.

corações

E adormecemos a oferecer as flores destes tectos de chantilly aos corações que deixámos tão longe.

tecto


14 comentários

Amor de Biscoito

Na minha família sempre se bebeu muito chá.

Há casas em que se oferece um café, por aqui sempre se ofereceu um “chazinho”.

E, na verdade, nem era bem chá: só a minha avó Rosa é que sempre preferiu chá preto de Camellia Sinensis.

Claro que ela chama-lhe, e com razão, “chá, chá”!

A minha mãe sempre foi adepta de infusões ou tisanas de plantas ou de flores que vai recolhendo e secando durante o ano.

Nas tisanas, as plantas fervem durante 5 minutos; nas infusões, a água é vertida, a ferver, sobre as plantas.

Eu, quando era pequena, não gostava de “chá”; achava-o insípido.

Até que fui crescendo e descobri as inúmeras subtilezas desta bebida.

Quando eliminei o leite da minha alimentação, essa procura aumentou e agora sou mesmo adepta de infusões, nossas ou importadas.

Aliás, cada vez mais nossas.

O Amor de Biscoito fez as delícias do meu Verão e entrou pelo Outono.

Quente e gelada.

embalagem chá

A erva-príncipe e a perpétua-roxa têm propriedades digestivas e calmantes.

Para mim, salientam-se as propriedades gustativas.

chá

Li algures que o chá foi introduzido no Japão por um monge budista e que toda a cerimónia do chá é um ritual lento e espiritual.

E li que foi Catarina de Bragança que introduziu a bebida em Inglaterra.

Parece que às 17:00h o sistema eléctrico inglês é sempre reforçado porque todas as casas ligam as chaleiras eléctricas.

Mas também li uma crónica do Miguel Esteves Cardoso, na qual ele criticava a falta de exigência dos ingleses relativamente a esta bebida.

Sempre desconfiei de quem encerra o chá em saquetas e coloca em infusão agrafos…


7 comentários

Neutralizar

Quando li, no blog da Joana, que um blog é responsável pela emissão de 3,6kg de dióxido de carbono por ano fiquei impressionada.

A minha primeira reacção, em relação à protecção da nossa Terra, é sempre reduzir.

Quando reduzir se revela impossível ou insuficiente, procuro neutralizar os estragos com uma acção compensatória.

É, mais ou menos, o meu lema para todas as esferas da vida…

No caso do meu blog poluidor, aderi a um projecto que planta uma árvore no Brasil, por cada blogger que divulgue o plano.

Quem quiser neutralizar as emissões de CO2 do seu blog, deve seguir os passos aqui apontados.

Ficamos todos a ganhar…

button_co2_blog_verde_100[1]


11 comentários

Receber

Deliciei-me com tão doces memórias.

Depois de ter atribuído um número a cada partilha, cortei papelinhos e coloquei-os num cesto.

A Beatriz escolheu.

Eu sei, devia ter registado o momento…

Esqueci-me e depois pareceu-me disparatado fotografar um simulacro.

SA_doces_web_7700_290913

Mas é com muito gosto que envio um Frasco de Memórias à Joana, do blog A Menina cos(z)e?

A Joana só tem de dizer-me qual é a variedade desejada!

Parabéns à Joana e a todos os que participaram.

Para dizer a verdade, gostava de enviar um Frasco de Memórias a cada um!

Obrigada por terem partilhado comigo um doce momento da infância!