“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


4 comentários

Setembro

O Agosto passou e cumpriu as promessas!

Desliguei!

Sem notícias tristes do mundo, só com as malas de viagem, o coração cheio, música, verde, sol e mar é impossível não ser feliz.

Passei por aqui, de vez em quando e nunca abri o computador.

Como a Internet me desconcentra!

 

Andei 1 mês em viagem (nem tanto geográfica!) – talvez tenha feito escala em Estremoz durante 3 dias…

A nossa roupa ainda cheira a outra paragens!

Bilbao

S. Jean pied port

E foi mesmo retemperador passar 31 dias colada à minha grande companheira de viagens!

xadrez marciac kids

Assim mesmo non-stop!

Mãe e filha

Todas matchi-matchi!

Com tempo para apanhar flores pelos caminhos.

fada das flores dos caminhos

Com tempo para dar 100 mergulhos!

mar

Até ao pôr-do-sol!

praia cabo mondego

Com tempo para repor os abraços que os meses de trabalho nos roubaram.

beijinhos de mar 2016

E agora quem é que quer voltar à rotina?

 

 

 


4 comentários

A terceira rã

Este blog fez 3 anos em Agosto.

Cresceu…

Testemunhou dias de muito sol mas também alguns de nuvens.

Questiono-me, muitas vezes, em relação ao futuro do blog.

O meu tempo disponível é tão escasso!

 

Uns dias mais, outros menos, ainda faz sentido;

quando deixar de fazer, despedir-nos-emos e ficará aqui partilhada uma parte de mim.

Para já continua a ser terapêutico procurar e registar o lado mais brilhante da vida.

Há 3 anos escrevia para a minha Mãe e para a minha prima do coração.

Agora tudo mudou, e há dias em que até é assustador: a partir dos 300 leitores deixei de contar – imagino-os generosos, positivos e sensíveis.

É para vocês que escrevo!

Embora, no silêncio da noite, continue a escrever para a minha Mãe, para a minha prima do coração e para mim; para não esquecer; num tempo em que o que não se escreve, esquece.

Obrigada por estarem aí!

Todos os anos, nesta altura, há um bichinho que cruza o meu caminho: não sei bem o que quererá dizer, mas assumo-o como um bom sinal.

– Mãe, a Avó tem uma rã de estimação! Vem ver!

– ??!!

rã 2016

É mesmo verdade, a minha Mãe tem uma rã de estimação!

Como se pode ver, acusa o bom trato e tem uma piscina no mais bonito quintal que eu conheço!

Há rãs com sorte!