“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Anjos da Casa

2 comentários

“Há sempre um deus fantástico nas Casas
Em que eu vivo, e em volta dos meus passos
Eu sinto os grandes anjos cujas asas
Contêm todo o vento dos espaços.”

in Dia do Mar, 1947
Já há muitos anos que me conheço como “fazedora de lares”.
Com Sophia, descobri o mistério das casas em que vivo.
Neste momento, não sei se os anjos conseguem abrir as asas ou respirar com tanto pó.
A nossa casa está com aparelhos dos dentes por todo o lado.
Aparelho nos dentes é um eufemismo para descrever a desolação em que vivemos.
Estas duas, com má qualidade, mas já com alguma lógica, dão-me alguma esperança.
Ufa!
Se bem me conheço, esta agitação vai durar meses…

Uma música cheia de casa e ânimo, para serenar e resistir (resistiremos?), porque na maior parte dos dias só apetece fugir.
Um site-casa para quem gosta de Sophia ler tuuudo: organizado por Maria Andersen de Sousa Tavares.

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

2 thoughts on “Anjos da Casa

  1. Vai passar… e sua casa parece ser tão linda! Vale a pena! Bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s