“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Reverso

Deixe um comentário

Um dos músicos de Adriana Calcanhoto, quando foi pela primeira vez a uma casa de fados, suspirou: Como é possível que tenham cantado 15 fados sobre mim?

Ao ouvir o relato deste episódio, regressei aos meus 20 anos e à minha primeira impressão ao ouvir Tom Jobim, Marisa Monte, Maria Betânia, Caetano Veloso ou Chico Buarque.

Esta música de Tom Jobim e Vinicius de Morais é sobre a condição humana:

  • a dureza da vida, as desilusões, o fatalismo estão lá, tal como estão no nosso fado.

Com mais balanço, é certo.

 

O que nós não temos no fado são histórias de amor felizes.

“Pela luz dos olhos teus” talvez reflicta a mais terna relação (cantada) que conheço.

Não temos amores felizes em nenhuma língua, para dizer a verdade;

é preciso fricção e dor para crescermos e criarmos.

Como diz Vinicius:

“É melhor ser alegre que ser triste
Alegria é a melhor coisa que existe
É assim como a luz no coração

Mas pra fazer um samba com beleza
É preciso um bocado de tristeza
É preciso um bocado de tristeza
Senão, não se faz um samba não”

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s