“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Despir

2 comentários

Oswald de Andrade foi-me apresentado há mais de vinte e cinco anos, na FLUC, pela professora Maria Aparecida Ribeiro. Na altura, pouco ou nada sabia acerca de literatura brasileira: conhecia Jorge Amado, Cecília Meireles e, claro, os poemas musicados de Vinicius de Moraes.

No início dos anos 90, naquela Coimbra sossegada, estranhei Oswald de Andrade.

Muito!

Não percebia o que lia, mas sentia o arrepio do que era tão novo, inaugural!

figura-so-tarsila-do-amaral-1930

Oswald de Andrade provocou esse desconforto em mim e em toda uma sociedade que, algumas décadas antes de mim,  não estava preparada para os modernistas.

Nem aqui, em Portugal, nem no Brasil.

Com os modernistas, a poesia saía, finalmente, do pedestal e misturava-se com a vida; brincava, ganhava cor e provocava, com estridência!

A necessidade de fracturar, de descolar de tudo o que já tinha sido feito era o mote e, nesse sentido, a literatura brasileira sentia essa urgência de forma bem mais intensa do que em Portugal! Era preciso que os brasileiros encontrassem a sua voz e se separassem, ainda que de forma violenta, do cânone literário europeu e português!

Eu quero fazer um poema

De flores de papel

Laranja azul encarnado

Branco e verdeamarel!

Oswald de Andrade diagnosticou o grande problema daqueles que (ainda hoje) se julgam donos da língua, da literatura e da arte.

Erro do Português

Quando o português chegou

Debaixo de uma bruta chuva

Vestiu o índio

Que pena!

Fosse uma manhã de sol

O índio tinha despido

o português!

Oswald de Andrade diagnosticou um problema muito português, sem dúvida!

O quadro é de Tarsila do Amaral, artista que fundou, com Oswald de Andrade, o Movimento Antropofágico, o movimento que queria deglutir, engolir a cultura europeia, que era a cultura vigente na época, e dar-lhe a cor e o som do Brasil.

 

 

 

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

2 thoughts on “Despir

  1. Bom ler sobre o movimento antropofágico aqui, hoje mesmo li que o quadro A Lua de Tarsila do Amaral, foi comprado pelo MoMa. Agora é o quadro brasileiro de maior valor comercializado no exterior…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s