“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Acto de fala

2 comentários

Juan Vicente Piqueras nasceu, em 1960, em Espanha.

Com uma visão pouco conservadora do que é a poesia, esclarece que todos os falantes são poetas:  

“Toda a palavra é um poema. A palavra falar vem de fabulare. A palavra palavra de parabolare. O mero acto de falar é já um acto poético, uma invenção, uma fábula. O mero acto de falar é um acto sagrado ainda que o falante, para sobreviver, se veja obrigado a desconsiderá-lo”.

Este poema é acessível e bem melhor do que a maior parte dos livros de auto-ajuda. Num estilo aforístico, Piqueras vai-nos sussurando como viver melhor.

“Não fujas do que sentes

não te escondas no que dizes

não digas mentiras

sê a tua voz

faz

trabalha

não te queixes

não sofras por medo de sofrer mais

não mendigues jamais o que mereces, por exemplo o amor […]

Abre o teu coração couraçado

à união do céu com o mar

da luz com a sombra

do canto dos grilos com o das cigarras

pinta de azul a alma […]

Cozinha

convida

canta

dança

abraça

tira o pó da tua voz

rega as plantas

as dos pés também, no mar

na maré baixa […]

Não olhes para trás

não sejas a tua estátua de sal

e sai de ti, do que pensas de ti

sai desse quarto escuro onde escreves os poemas que dizem o que tens de fazer

em vez de o fazer

Põe-te a andar

faz

trabalha

não te queixes

vira a página

olha

sê atento e fica atento

não esqueças o que vives

não esqueças o que acabas de viver

não esqueças o que acaba

acaba

vai em busca de uma voz nova, longínqua

não fujas do que sentes

não permitas que a vida se perca no vazio

que a morte ao chegar encontre já feito o seu trabalho

olha o céu como quem diz adeus

como quem agradece.”

Os quadros são do israelita Gideon Rubin que se inspira em álbuns fotográficos antigos para criar as suas obras. Foi encontrado no IGNANT.

Autor: Frasco de Memórias

https://frascodememorias.wordpress.com

2 thoughts on “Acto de fala

  1. Que coisa mais linda esse poema. Uma lição de vida em forma de poema. ❤

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s