“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

Leonor

6 comentários

Foi um Verão muito feliz!

Aconteceu-nos a dádiva com que todos somos agraciados e que tendemos a esquecer, durante a vida: o nascimento.

A Leonor, tão pequenina, nasceu e manifestou logo os seus super-poderes: fez-me acreditar que o mundo ainda tem salvação.

Se nascemos tão belos e puros, isso só pode significar que viemos em missão de paz e havemos, mais cedo do que tarde, de retomá-la e expandi-la.

O poeta Jorge de Sousa Braga sabe bem o que se passou nestes últimos meses na vida da Leonor e escreveu um diário poético.

Diário de Bordo

Mãe
hoje abriu-se uma janela pela primeira vez
mas tudo o que pudeste ver foi um pequeno lago de águas
adormecidas,
rodeado por margens de areia brilhante
um pequeno lago alimentado por inúmeros afluentes

Mãe
passou uma semana e o meu minúsculo coração agita já as águas desse
lago
Estou agarrado à margem vejo ao longe uma pequena bóia
mas o medo impede-me de me afastar

Mãe
porque é que andas tão enjoada?
Passas a vida a correr para o quarto de banho
Não toleras o cheiro a fritos nem o after-shave do pai
Espero que não enjoes do cheiro a jasmim

Por favor não me confundam com um girino
Embora não tenha nada contra as rãs
e muito menos contra as libélulas que povoam os outros lagos

Mãe
estou a ficar velho
disseram-me que já deixei de ser embrião
Mediram-me a translucência da nuca
e eu aproveitei para realizar algumas pequenas acrobacias

Hoje fiquei finalmente a saber que tinha ventrículos pulmões
estômago e uma série de coisas mais
incluindo uns grandes lábios que quase pareciam bolsas escrotais
E eu que pensava que aquilo que tinha entre as pernas era uma rosa

Mãe
Porque é que meu coração bate tão acelerado?
Por mais que tente não consigo sincronizá-lo com o teu

Mãe
Só conheço a cor do crepúsculo
Estou morto por conhecer as outras cores do arco-íris

Mãe
Hoje surprendi-te quando te olhavas nua ao espelho
as mãos sobre o púbis segurando a barriga enorme

Mãe
Às vezes os dias são um pouco monótonos
de forma que me entretive a fazer nós com o cordão umbilical

Mãe
Estás com umas olheiras enormes
Pelos vistos não te deixei dormir
Passei a noite toda a deambular pelos recantos mais sinuosos do teu
útero
a ver se descobria alguma água-marinha

Mãe
Podias ter colocado alguns peixinhos no líquido amniótico
Já agora um beta e alguns escalares
E porque não alguns nenúfares?

[…]

Mãe
O que está a acontecer?
O teu útero começou a contrair-se
e as contracções vão-se tornando cada vez mais frequentes

Mãe
O que é que eu fiz
para me expulsares assim desta maneira?

Mãe
A distância entre mim e ti
não se mede em centímetros mas em lilases 

Jorge de Sousa Braga é poeta e médico, especializado em Ginecologia e Obstetrícia; portanto, reúne todos os conhecimentos científicos para relatar os sonhos do bebé quando este ainda nada na barriga da mãe.

Pela fotografia da Leonor, sei bem que a sobrinha mais linda do mundo ainda sonha com jasmim, peixinhos e escalares riscados.

Mas estou certa de que irá deslumbrar-se muito em breve com as cores do arco-íris.

Quanto a mim, vou tentar honrá-la e manter o foco na missão que me permitiu nascer: expandir a paz.

Autor: Frasco de Memórias

http://frascodememorias.com

6 thoughts on “Leonor

  1. Pingback: Leonor | – Lar doce larTítulo do site

  2. Pingback: Encontrar |

  3. E que dádiva é a chegada de um bebé à família!
    Muitas felicidades para todos.
    Adorei conhecer o poema e o autor,

  4. Nesse 2020 louco-insano com tantos malucos a solta é bom ter algo de renovação…
    Não me lembro de antes ter lido o poeta. Mas o nome não me pareceu estranho.
    Gostei do diário poético e do peixe no líquido amniótico.

    Que o teu outono seja solar também.
    bacio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s