“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).

A Montanha de Livros mais Alta do Mundo

Deixe um comentário

Com dez anos, a Beatriz lê sozinha, durante a meia-hora que instituí, cá em casa, de leitura diária silenciosa.

No entanto, continuo a trazer livros da biblioteca para uma amorosa leitura a duas, antes de adormecermos.

É a melhor forma de nos despedirmos do dia: abraçadas, no meio das mais belas aventuras.

Entre biografias, livros de aventuras e reflexões, por vezes, voltamos aos livros com ilustrações e histórias simples.

Como este, com a história do Lucas.

Lucas sabia, desde bebé, que tinha um destino: voar.

Passava os dia à janela, com os olhos perdidos nos pássaros.

Tentava, a todo o custo, realizar o seu sonho. Apelou até para divindades, como o Pai Natal. Sem sucesso!

Na frustração em que vivia, nem se entusiasmou quando a mãe lhe explicou que havia outras formas de voar.

Quando lhe ofereceram um livro, foi avançando, hesitante,… até que se entusiasmou.

Tal foi o entusiasmo que a situação se descontrolou.

Insanamente.

Só quem nunca entrou no mundo da ficção e da poesia é que não compreende esta insanidade que, quando temos sorte (e o livro certo), se apodera do nosso espírito.

Felizmente, o Lucas aprendeu a controlar os voos e a desfrutar a viagem.

Da escritora Rocio Bonilla e editado, em Portugal, pela Jacarandá.

Autor: Frasco de Memórias

http://frascodememorias.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s