“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


14 comentários

Um dia

Vai ficar assim, como este da Iris, do blog Snapshots of Home:

tumblr_mhfrw4H5891qzxmvio1_500[1]

Mas ainda está assim…

734088_510747298957882_299077259_n[1]

A imagem assustadora é do móvel da minha bisavó Celeste.

Provavelmente vou manter esta cor.

Provavelmente vou admitir que não tenho tempo de uma vez por todas.

Provavelmente vou ter de contratar o Sr. Eugénio, carpinteiro.


10 comentários

Batixa

A T é minha amiga, é minha prima e é uma blog hunter.

Tem um talento invulgar para descobrir blogs imperdíveis que eu não conheço e que nunca viria a conhecer na vida.

Batixa foi um dos que segui com mais fervor, sobretudo na altura em que me mudei para a casa da minha avó.

Apresenta imagens muito originais e reais de blogs de todo o mundo, incluindo portugueses.

Sem texto.

tumblr_mqul28bmPs1r4gct3o1_500[1]O meu pátio podia ser assim.

tumblr_mmcu3lCKZN1rqasjxo1_500[1]

A corda, as molas, as fotografias e os desenhos já cá andam há algum tempo.

Os bancos hão-de aparecer.

tumblr_mrp5pg4BYS1rivnl9o1_500[1]

A minha cozinha não é assim (preciso de dizer “infelizmente”?).

tumblr_mqm7hwXo6D1rdkljlo1_500[1]

A cozinha do forno da minha avó já está mais colorida.

tumblr_mrotyyYtER1rfh959o1_500[1]

E móveis antigos recuperados também já cá estão.

N.B. Todas as imagens do blog Batixa.


13 comentários

Azul relâmpago

tumblr_mnh09hLhOF1rnhgwio1_500[1]

tumblr_mozjw9OK4m1rjso36o1_500[1]

tumblr_mrpgzwGubP1rpwhvdo1_500[1]

tumblr_m5j90eLAo71qa7bd1o1_500[1]

Ontem, uma amiga, num telefonema muito apressado, disse-me que o dia devia ter 50 horas.

Eu passei o último ano da minha vida a correr e a desejar que os dias tivessem mais 8 horas.

Chegava a casa exausta e quase adormecia ao ler os livros com a Beatriz.

Tenho saudades desse último ano, mesmo muitas, mas não dessa velocidade.

Alguma coisa Muitas coisas estão mal numa sociedade em que as mães andam a este ritmo.

Este azul é para minha amiga.

E é para todas as mães que eu conheço porque, pensando bem, todas elas passam o dia a tratar de grandes urgências e a um ritmo muito superior ao razoável.

E é para todas as que não são mães e que aceleram.

E é para todas as pessoas que, sensatamente, não aceleram e que mergulham, com frequência, neste azul…

N.B. Todos estes tons de azul no blog Batixa.


10 comentários

Midas

Estas duas peças estavam no sótão da casa da minha avó Rosa.

Não fotografei o triste estado de abandono em que as encontrei.

A minha mãe lixou-as, tratou-as, pintou-as. Horas.

O armário mosquiteiro é o armário da roupa da Beatriz.

DSC00215

A arca do enxoval é a arca dos pijamas.

DSC00211