“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


9 comentários

Praia Mar

Este é um livro cheio de Verão, de praia e de mar.
Com 35 cm de altura, obriga-nos a mergulhar nas ondas.
DSC02591 Paint

Comprei-o quando a Beatriz ainda gatinhava e, nessa altura, o livro, aberto, preenchia-lhe o horizonte.

DSC02592 Paint

Sem texto, Bernardo Carvalho leva-nos a “passear, a molhar os pés nas poças, a explorar as rochas onde se agarram os mexilhões e anémonas de muitas cores” (contracapa do livro).

Leva-nos ao prazer de estar na praia, desligar o botão “ter de” e parar.

E é esse o espírito que perpassa todo o livro.

DSC02597 Paint

O resto é para inventar. Nós damos nome às personagens, inventamos relações familiares, reconhecemos o Avô nestes bigodes…

DSC02595 Paint

DSC02600 Paint

Até que, “em menos de nada, já o azul inundou as páginas, fazendo-nos mergulhar” ( texto da contracapa).

DSC02611 Paint

É um livro de Bernardo Carvalho e da Planeta Tangerina.

A minha dupla preferida.


14 comentários

Um dia

Vai ficar assim, como este da Iris, do blog Snapshots of Home:

tumblr_mhfrw4H5891qzxmvio1_500[1]

Mas ainda está assim…

734088_510747298957882_299077259_n[1]

A imagem assustadora é do móvel da minha bisavó Celeste.

Provavelmente vou manter esta cor.

Provavelmente vou admitir que não tenho tempo de uma vez por todas.

Provavelmente vou ter de contratar o Sr. Eugénio, carpinteiro.


12 comentários

Menina

Quero ter o cabelo comprido para fazer penteados.

Já tenho.

Agora falta-me a paciência, o tempo e a disposição…

perfect-top-knot-bun-messy-french-cup-of-jo-hair-how-to-tutorial[2]

side-sweep-ponytail-cupofjo-hair-tutorial-[1]

AWolf_Bun01[1]

Trabalho de casa para o fim-de-semana: treinar estes tutoriais do blog  A Cup of Jo.

O trabalho de casa revelado nestas fotografias são desse blog.


3 comentários

Gris Neutre

A Margarida foi minha colega durante três anos.

Aprendi muito com ela nos últimos dois meses.

Quando viu o meu blog, escreveu:

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand, pseudónimo da baronesa Dudevant, Aurore Dupin).

Fiquei encantada e guardei esta frase no meu frasco de memórias mais precioso.

A Margarida é naturalmente elegante.

Não precisa de saltos, nem de acessórios dourados, nem de cores vibrantes, nem de maquilhagem, nem de cabelos compridos.

A Margarida tem um lenço que é como ela.

Não se impõe pelo ruído das cores nem da forma.

É Gris Neutre.

A marca nasceu do encontro entre a Sara Bento Castro (filha da Margarida), a Marisa Ferra e a Joana Oliveira: uma ilustradora, uma  fashion designer e uma antropologista.

Incontestavelmente reconhecidas, criam peças em pura seda desenhadas à mão.

Depois de terem viajado pelos mitos gregos, mergulharam nos mitos vietnamitas e criaram Beleza.

Não está aqui o lenço da Margarida.

Mas estas imagens Gris Neutre são quadros que ganharam asas e passeiam connosco.

SWRB1%20illustration[1]

SWRF1%20illustration[1]

TWF1foto[1]

2SWRJ1%20illustration[1]

Há mais ilustrações da Sara no Behance e no Carbonmade.

E no FaceBook.


10 comentários

Batixa

A T é minha amiga, é minha prima e é uma blog hunter.

Tem um talento invulgar para descobrir blogs imperdíveis que eu não conheço e que nunca viria a conhecer na vida.

Batixa foi um dos que segui com mais fervor, sobretudo na altura em que me mudei para a casa da minha avó.

Apresenta imagens muito originais e reais de blogs de todo o mundo, incluindo portugueses.

Sem texto.

tumblr_mqul28bmPs1r4gct3o1_500[1]O meu pátio podia ser assim.

tumblr_mmcu3lCKZN1rqasjxo1_500[1]

A corda, as molas, as fotografias e os desenhos já cá andam há algum tempo.

Os bancos hão-de aparecer.

tumblr_mrp5pg4BYS1rivnl9o1_500[1]

A minha cozinha não é assim (preciso de dizer “infelizmente”?).

tumblr_mqm7hwXo6D1rdkljlo1_500[1]

A cozinha do forno da minha avó já está mais colorida.

tumblr_mrotyyYtER1rfh959o1_500[1]

E móveis antigos recuperados também já cá estão.

N.B. Todas as imagens do blog Batixa.


4 comentários

O Bebé

Este livro, de 1972, é um dos livros da Biblioteca que já requisitámos mais vezes.

DSC01664

DSC01667 DSC01668

Não sei até que ponto a Beatriz percebe o que este bebé anda a fazer dentro da barriga da mãe, mas gosta muito deste livro e fica sempre muito atenta quando eu faço o paralelo com a nossa história.

Este bebé, como qualquer outro que vive dentro do útero da mãe, anda tranquilo e feliz, até que percebe que, um dia, todos esperam que ele nasça.

DSC01670

Todos os elementos da família tentam convencê-lo com programas e estratégias mais ou menos aliciantes.

DSC01674

Até que o pai chega e traz o Beijo…

A história, da americana Fran Manushkin, fala-nos do Amor e da forma de vida mais pura que existe: a do bebé.

A ilustração, do premiadíssimo Ronald  Himler, a preto e branco, ganha um destaque inesperado no fundo ocre que surge em cada duas páginas.

As personagens lembram-nos uma época já passada, mas são extremamente expressivos. Recordam-nos que os sentimentos de que nos fala o livro são universais e intemporais.

E é esse também o encanto deste livro!

A editora: a extinta Sá da Costa.