“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


9 comentários

Praia Mar

Este é um livro cheio de Verão, de praia e de mar.
Com 35 cm de altura, obriga-nos a mergulhar nas ondas.
DSC02591 Paint

Comprei-o quando a Beatriz ainda gatinhava e, nessa altura, o livro, aberto, preenchia-lhe o horizonte.

DSC02592 Paint

Sem texto, Bernardo Carvalho leva-nos a “passear, a molhar os pés nas poças, a explorar as rochas onde se agarram os mexilhões e anémonas de muitas cores” (contracapa do livro).

Leva-nos ao prazer de estar na praia, desligar o botão “ter de” e parar.

E é esse o espírito que perpassa todo o livro.

DSC02597 Paint

O resto é para inventar. Nós damos nome às personagens, inventamos relações familiares, reconhecemos o Avô nestes bigodes…

DSC02595 Paint

DSC02600 Paint

Até que, “em menos de nada, já o azul inundou as páginas, fazendo-nos mergulhar” ( texto da contracapa).

DSC02611 Paint

É um livro de Bernardo Carvalho e da Planeta Tangerina.

A minha dupla preferida.


7 comentários

Coração de Mãe

DSC00971

Este foi o segundo livro que ofereci à Beatriz.

A editora Planeta Tangerina foi eleita a melhor editora europeia, na Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha.

E nem precisava de dizer mais nada, mas é um livro de que apetece falar.

Coração de Mãe centra-se na ligação entre a mãe e o filho; uma ligação que se materializa num fio invisível que une o coração da mãe ao coração do filho.

Um fio (tranquilizador) que faz com que estejamos ligadas em todos os momentos do dia.

DSC00972

Uma gargalhada da Beatriz faz o meu coração dançar, um trambolhão faz com que o meu coração fique branco… E nas férias? O meu coração bate mais devagarinho!

O texto, em prosa, mas por vezes muito poético é de Isabel Minhós Martins e a ilustração, terna e divertida, é de Bernardo Carvalho (um dos fundadores da Planeta Tangerina).

Não sei se é óbvio, mas sou fã desta dupla e desta editora. E tenho de destacar todas as ilustrações de Bernardo Carvalho, deste e dos outros livros que conheço.

A Beatriz começou a ver este livro com seis meses e fomos fazendo a exploração consoante o momento: começámos por simular o bater do coração com a mão no peito; registámos as primeiras palavras nas janelas que se abrem no meu coração sempre que a Beatriz aprende uma palavra nova; comparámos o tamanho dos pés das personagens e falámos de Amor.

DSC00973

Falta dizer que é um dos livros que mais gosto de oferecer aos bebés e às mães, sobretudo àquelas a quem nascem flores no coração pela segunda vez!

DSC00975