“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


7 comentários

Instagram blogfrascodememorias

O Instagram é um reflexo dos tempos em que vivemos:

rápido, prático, atraente, superficial, totalmente efémero e sensual (no sentido em que apela – salvo raras excepções – apenas para o sentido da visão), hedonista e narcisista.

Pronto, abri conta lá!

Desconcertante?!

É!

Bem, sou uma mulher do meu tempo; com os defeitos de quem vive “neste tempo”…

e, para me desculpar, a verdade é que já fiz algumas descobertas que acabo por explorar através dos sites e blogs que aparecem identificados.

Como a maior parte das contas de Instagram (não profissionais), o que tem a minha?

Flashes do dia, imediatos, que não vêm para o blog porque a máquina fotográfica não estava à mão ou porque não suscitam muita reflexão.

Como esta, publicada num final de dia cansativo:

A este ritmo nem com asas nos pés!

A este ritmo nem com asas nos pés!

Riscas, o "calimero" dos gatos bebés! Rendidos!

Riscas, o “calimero” dos gatos bebés! Rendidos!

40ºC

Estremoz – 40ºC

Onde está o Riscas?

Onde está o Riscas?

A doçura de estar com os amigos e ver a noite chegar... sem pressas!

A doçura de estar com os amigos e ver a noite chegar… sem pressas!

Dia de compras na loja mais bonita de Estremoz, Portal das Campainha!

Momentos divertidos com o Boomerang, também!

Pronto, eu avisei!

Se quiserem visitar-me, é por aqui…