“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


10 comentários

Epílogo

Na nossa primeira viagem para Estremoz, deixámos os nossos companheiros na Figueira da Foz.

Foi muito difícil, apesar de todos os cuidados, mas não houve alternativa.

Quem já mudou de casa, de vizinhos, de cidade, de local de trabalho, de ritmo de vida,…  em poucos dias, sabe como é difícil gerir tudo.

Pela minha experiência, todos os objectos andam meses a girar pela casa até encontrarem o seu lugar… e nós também.

No Natal, regressámos à nossa casinha pequena e encontrámos a Branca doente.

Ficou internada, perdeu a cauda e juntou-se a nós na casa grande, depois de uma viagem de 300km.

A Beatriz reencontrou a sua companheira e correm as duas pela casa enquanto jogam às escondidas.

E eu sou atravessada por uma flecha de alegria.

Biti e branca

Claro que há hábitos que não mudam.

Branca

E o cesto da Branca é só usado para as fotografias.

Pela  Beatriz…

Biti no cesto