Frasco de Memórias

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


10 comentários

Bolachas do Algarve

A Dina é mãe do meu querido … sobrinho-neto e pediu-me para partilhar algumas receitas.

Fiquei atrapalhada, porque me sinto uma principiante perante a minha família do Alentejo.

Quer dizer, exceptuando as compotas, as bolachas e as granolas não alcanço muito crédito na cozinha.

Talvez sejam inseguranças de quem não sabe fazer um bom cabrito assado ou umas migas alentejanas…

A minha relação com o Algarve remonta às férias de Verão com os meus pais.

Mantém-se até agora e entra pelo Inverno, porque nunca encontrei frutos secos melhores do que os algarvios.

Mantive o contacto com o senhor Inácio Martins e continuo a deliciar-me com o que me vai chegando do Mercado de Tavira.

Quando vi a encomenda com passas de figo, amêndoas e farinha de alfarroba, lembrei-me imediatamente das bolachas de alfarroba da Joana.

Claro que, como não sei seguir uma receita, inventei outra.

Ingredientes:

Pela ordem com que foram para a taça.

1- 200g de manteiga sem sal amolecida;

2- raspa de uma laranja;

3- 300g de açúcar mascavado e 2 colheres de sopa de mel;

4- 3 ovos e 8 gemas;

5- 100g de farinha integral;

6- 100g de farinha de alfarroba;

7- 150g de farinha com fermento;

8- 50g de linhaça castanha moída no momento;

9- 100g de amêndoa partida grosseiramente (já tostada);

10- 100g de passa de figo triturada;

11- cacau puro.

A confecção é muito simples; foi a Beatriz que foi colocando na taça os ingredientes amarelos: a manteiga; a raspa; o açúcar; o mel; os ovos e as gemas.

Depois, colocou os castanhos: as farinhas, a linhaça; a pasta de figo e as amêndoas.

Massa de bolachas com alfarroba

Por fim, fizemos estas bolinhas toscas que polvilhámos com cacau.

Não resisti…

 

E preenchemos algumas com Doce de Pepino Frasco de Memórias.

Bolachas de alfarroba no tabuleiro

Forno, durante 10/15 minutos a 175ºC e foi difícil deixá-las arrefecer…

Bolachas de alfarroba cozidas

Apesar de não serem umas bolachas bonitas (à primeira vista não impressionam as visitas), são mesmo, mesmo deliciosas: têm um sabor intenso a férias no Algarve e a ingredientes genuínos.