Frasco de Memórias

“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


9 comentários

Construir

2014 foi o ano de todas as construções, recuperações e transformações.

Construímos um novo lar.

Construí um novo quintal.

Reconstruí-me.

Recuperei antigos hábitos.

Repensei-me.

Reconstruímos o Frasco de Memórias.

Recuperei o amor que tinha pela minha profissão.

Construímos novas relações.

Redefinimo-nos.

muro de pedra

Em 2015, quero que todas as pedras do muro fiquem amarelas e aveludadas.

Quero um ano que me ajude a concretizar as mais belas transformações e a suportar as saudades da minha família materna e paterna.

Saudades da minha Mãe, do meu Pai, do meu Irmão, da minha Avó, da minha prima do coração, da minha Tia Alice,

da minha amiga Virgínia, da Raquel, do meu amigo Mário, das minhas amigas de Coimbra,

dos meus vizinhos.

Acho que se nomear os meus desejos, o Novo Ano não tem desculpa!

Feliz 2015!!!

Que se concretizem os vossos mais íntimos desejos!