“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


5 comentários

A casa que voou

A T. desenha casas e ofereceu-nos este livro.

capa a casa que voouA Beatriz já sabe que há casas com rodas, mas não sabe que há casas que, inesperadamente, podem ganhar asas e voar.

Mas a verdade é que pode acontecer.

Têm olhado para o céu ultimamente?

a casa que voou pag 2

Muitas vezes nós voamos com elas e recomeçamos a vida noutra latitude, mas também pode acontecer a casa levantar voo sem nós.

a casa que voou pag 1

Só nos resta tentar solucionar a questão pelas vias que conhecemos e que prometem resolver todos os nossos problemas: gabinetes e repartições de apoio ao cidadão.

a casa que voou pag 4

a casa que voou pag 3

E quando não conseguimos resolver-nos pela via burocrática?

Reflectimos se não haverá um sentido no voo da casa…

Não será melhor acompanhá-la?

a casa que voou pag 5

Não poderá a casa mudar a nossa vida?

Não nos transmite mensagens que nem sempre queremos ouvir?

Davide Cali escreve um livro com duplas leituras.

A Beatriz fica a desejar que a nossa casa voe.

Eu, especialmente sensível ao tema da casa-lar, fico a pensar…

As ilustrações são da premiada ( na Feira do Livro de Bolonha, 2014) Catarina Sobral!

A editora: Planeta Tangerina.