“Le souvenir est le parfum de l´âme” – (George Sand).


7 comentários

Tempo

Prenda de Natal?

Nunca sei o que responder.

Não quero nada; assim de repente não estou a ver…

Bem, aquilo de que eu mais preciso não está à venda: uma hora extra por dia – para dormir, para ler livros com a Beatriz,

para conversar, para estar comigo, para vir ao blog, para ler, para me dedicar à fotografia, …

Se calhar, 4 horas extra por dia.

Gostava muito de começar a aprender fotografia: tenho quem me ensine mas ainda não tenho a disponibilidade.

Talvez uma máquina me ajudasse a dar esse passo.

Talvez.

Perguntei ao meu irmão, que perguntou ao Sérgio Azenha:

A máquina ideal para a Ana?

Esta.

máquina dos meus sonhos

 

“O autofocus dizem que é brutal, super rápido, o que é bom para tótós… 🙂

Podes comprar montanhas de lentes porque aceita também as lentes da Olympus.

Naturalmente também faz filmes e é espetacular nisso (vê sobretudo a parte à noite e com pouca luz)!

Se comprares a máquina não compres um cartão qualquer.

Aquilo precisa de um cartão rápido para ser bom. A boa notícia é que não são muito caros mas têm de ser muito bem escolhidos.”

 

Foram estas as recomendações do meu irmão; gostei especialmente da parte dos totós: é esta a minha máquina.

 

Não deve ser difícil encontrá-la; mais complicado será descobrir latas com muitas horas dentro para eu começar utilizá-la.